Sem categoria

Começa o plano de ação!

Apresento…… a minha sala!
Me mudei em julho desse ano, então, tudo ainda está em processo de nascimento! Para alguém que está morando somente há 2 meses nesse cantinho, até que ele está bem honesto ne? Tudo isso graças à minha família, que me deixou fazer um “garimpo” nas coisas que eles não queriam mais. 
– Minha mãe me deu a mesinha alta de jantar, que estava encostada e esquecida na varanda da casa dela
– Meu pai me deu esse banquinho lindooo de madeira. Na verdade, meu pai me deu um banquinho que não era nem dele! Meu tio deixou esse banquinho na casa dele meses atrás, pois não tinha onde guardar! Tio, o banquinho agora é meu, por uso capião, tá? Ele é meu xodó e não devolvo mais! Depois não diga que não avisei. Está aqui documentado. Se você não lê o meu blog, são outros quinhentos… 🙂 Sei que mal dá pra ver o banquinho nessa foto, mas aqui você consegue ter uma idéia melhor, ó:

– Além do banquinho, meu pai deixou eu levar 1 abajur de vitral que ele tinha em casa. Ele tem 2, então fizemos uma divisão de bens.

De resto, tudo foi comprado com o bônus de férias. Ou seja: adeus viagem para Buenos Aires, olá para os móveis da sala.

– Sofá e rack da Etna. Eu adoro esse rack! Simples, clean, branquinho… E o melhor: possui um fundo branco na parte de trás, que esconde aquela fiarada louca, do DVD, TV, computador e som. Num outro post, eu mostro uma foto dele em detalhes pra vocês.

– O sofá tem uma cor assim, digamos, de burro quando foge. Confesso que não gostei muito dessa cor não, mas era a melhorzinha e mais neutra que tinha. Como sofá é caro, meu pai!!! Não tinha dindin para comprar um lindo sofá de 1.500, 2.000 reais. Então, como achei esse de 3 lugares, novinho, por uma bagatela de 599 reais, pensei: compro esse sofá e gasto mais um dinheirinho (quanto tiver!!), para fazer 2 capas para o sofá. Assim, tenho o meu sofá de 3 lugares, com 2 carinhas diferentes para escolher quando der na telha. Enquanto a grana das capas não sai, faço uma “graça” com uma manta rosa comprada na Leroy Merlin.

– O banquinho de madeira que faz o papel de mesinha de apoio foi comprado na Feira do Lavradio, na Lapa. Para quem não conhece, vale à pena! O preço não é muuuito barato, mas não é caro também. Esse banquinho custou R$89. Ele era R$99, mas como paguei em dinheiro, chorei um descontinho. Isso é legal na feira do Lavradio, se você for pagar em dinheiro, os vendedores sempre são um desconto amigo. Aí vai um detalhe do banquinho, do abajur e da Fátima, a pombinha que eu comprei lá na feira também, por R$4. Achei que ela tem uma cara de Fátima… tá batizada! Essa eu paguei em dinheiro também, mas fiquei com peninha de pechinchar. A Fátima é linda e valeu cada centavo dos 4 reais. Esse não é o lugar definitivo dela. To pensando em colocá-la na parede. Mas ainda nao decidi.

– Na parede em frente à mesa de jantar tem uma parede do lado da entrada da casa, onde eu coloquei uma chapeleira, também da Feira do Lavradio. Já perceberam que eu fiz a festa no Lavradio né? Sempre quis ter uma chapeleira na entrada da minha casa, mas o espaço é pequeno. Quando encontrei essa, feita a partir de uma janela, não pensei duas vezes. E ela ainda é verde, minha cor favorita e com cara de antiguinha, do jeito que eu gosto.

Aquela parte rosa ali atrás é o meu quarto. Mas ele nao é rosa não! Ele é todo branquinho! Mas eu tenho um abajur vermelho que dá esse efeito quando a luz principal está apagada.

Pra vocês terem uma idéia, tirei uma foto panorâmica da salinha:

Ainda tem muita coisa pra fazer, com pouco tempo e pouco dinheiro… A mesinha já mudou, como vocês viram no último post. Mas eu quero, ainda esse mês:

– Fechar de forma “digna” o buraco do ar condicionado.
– Definir o local do meu querido quadro da Monalisa de geléia
– Decidir o que colocar na parede de cima do sofá
– Pintar a parede da mesa de jantar de outra cor
– Deixar a varanda com carinha de varanda. Hoje parece um depósito! Não vou nem mostrar para vocês.
– Comprar quadrinhos para enfeitar
– Fazer um cantinho de bebidas, com garrafas e copos legais

Dá-lhe inspiração pro fim de semana… Até!