faça você mesmo

Significado e forma

Um dos prazeres de inventar moda em casa é ter alguém que invente com você. Melhor ainda, é contar com alguém que invente algo pra você e que ainda te surpreenda a ponto da tal invenção roubar o seu fôlego à primeira vista. Sabe aquela idéia que você olha e se pergunta como essa simplicidade tão apaixonante nunca havia passado pela sua cabeça? Pois é. É essa a sensação sobre o presente de Natal que eu ganhei esse ano.
Não faz muito tempo que eu olhei essas fotos pela primeira vez e fiquei encantada com cada uma delas. Elas foram tiradas pelo meu fotógrafo favorito, só meu… que foi pra rua pra fotografar o Rio do jeito que a gente conhece e adora, sabe? O Rio dos pé-sujos, dos pés-limpos, do Saara, da Feira de São Cristóvão, da Zona Norte, do garçom com 40 anos de casa.

Essas fotos foram feitas especialmente para o livro Rio Botequim (2011), mas eu gosto tanto de algumas que eu prefiro acreditar na versão de que elas foram feitas pra mim. rs…

E se você acha que dar uma foto de presente de Natal é pouca coisa, agora é uma boa hora pra rever seus conceitos. A essência do presente perfeito se resume em 2 palavras: SIGNIFICADO E FORMA, assim como os nomes de cada um dos 2 passos necessários pra que ele se materialize.

Quando eu falo de simplicidade, eu falo disso aqui, ó:

O combo:
– A foto amada, um tijlo de vidro, 20 reais e uma gráfica da esquina.

Com direito a passo-a-passo ditado e memorizado. Abre aspas.

Passo 1: SIGNIFICADO
Sabe a foto que tu gosta? É ela mesmo que você cata. Basta editar as medidas da foto pra que ela caiba exatamente sobre o vidro do tijolo, que custou R$17.

Passo 2: A FORMA
Na gráfica, é só pedir para que a foto seja impressa em adesivo transparente, que custa R$3, e cortar as bordas nas medidas.
Em casa, você passa um paninho com alcool sobre o vidro para remover qualquer tipo de sujeira/gordura e cola o adesivo sobre o vidro. É importante colar primeiro uma extremidade e depois ir colando aos poucos o restante, com a ajuda de uma régua ou espátula para evitar bolhas.

Aí…. ah… aí você repete essa operação quantas vezes quiser, escolhe um canto, empilha tudo e diz: “Pronto. Pode abrir os olhos”.

Fecha aspas.  🙂

* pra ver mais detalhado, clique na foto *