inspiração pé no chão

Sábado é dia de…

Como todo carioca que se preze, também sou do time que acredita que sábado bom é sábado de sol. Mas confesso que abro um sorrisinho secreto quando abro a janela e vejo o dia cinza. “Não tem praia, mas tem passeio!”, logo penso. E o melhor: sem aquele peso na consciência de que a vida tá acontecendo numa praia onde você não está. Enfim, neura de carioca rs.
Agora que o cafofo virou cafofo de 2, estamos num processo de desemperequetar a casinha. É claro que ela continua colorida, sempre! Mas é justo que ela fique com um colorido de moça… e de moço também. E lá fomos nós pra nossa feira favorita, onde é quase que impossível voltar de mãos vazias.
É muita preciosidade pra pouco espaço aqui em casa, gente! Chego a cogitar levar 2 poltronas, 2 mesinhas e 1 abajour. Só que aqui em casa não cabe nem mais uma caixinha de feira. Então o jeito foi desapegar. Saldo do dia: 1 rolo de papel de parede (10m a R$20), 1 trena antiga linda + 1 fechadura de ferro que vão parar na parede e….
>>> A feira da Praça XV acontece todo sábado, desde bem cedinho e, além de ser um ótimo passeio por si só, ainda fica do lado do Paço Imperial, do CCBB e da Casa França Brasil. Ali pelo Arco do Teles, você ainda encontra bons restaurantes ao ar livre, que tocam de jazz a chorinho. Ou seja: vale muito esticar o passeio e passar a manhã e tarde por lá.
Fica a dica: leve dinheiro, pois assim é mais fácil de chorar um descontinho. Se você chega cedo, você encontra mais variedade. Mas se você chega tarde (13h), você consegue chorar preços melhores! Essa mesinha custava R$80. Na última hora, acabei levando por R$50. É muito amor pra pouco pé palito!

Desejo de segunda: por uma vida de mais passeio pelo nosso Rio tão amado pra cada um de vocês. 🙂

Mas me diga você… Tem uma feirinha com garimpos incríveis na sua cidade? Divide comigo? Vai que sua vizinha nunca ouviu falar da tal feirinha? Envie suas dicas para [email protected]!