antes e depois

Mudanças…

Era uma vez um sofá – que mal acolhia uma – que ficou pequeno quando a casa virou pra 2. O sofá novo que a gente queria custava uma preciosidade, então o jeito foi fazer um. Sim, nosso sofá novo foi feito aqui, mas não por mim, não sou tão habilidosa a esse ponto! Esse foi feito pelo sogro, com essa estrutura de estrado de madeira, bem do jeito que a gente paquerava na loja, com direito a melhorias! A minha parte ficou somente com o estofado, com esses futtons que fiz do zero. Confesso, até fiquei orgulhosa do feito, mas pela primeira vez me atrevo a dizer: não tente isso em casa… rs. Dá um trabalho, mas um trabalho que cheguei a pensar que seria melhor pagar pelo caro já prontinho, é mole?

De qualquer forma, para os valentes, aí tem acrilon para rechear, MUITO acrilon pra encher, encher e continuar fofinho, brim na cor uva e botões que imitam madrepérola que vieram naquele saco de botões do lar de papelão (lembra?) pra fazer esse capitonê. Eu não sei quanto a você, mas eu sou chegada num captinonê… – aff, chegou até a rimar rs.

Nosso principal desejo era criar um sofá que pudesse abrigar a nossa baguncinhas debaixo dele. Afinal, cada espaço pra se guardar tralha num quarto-sala tem peso de ouro! Aí embaixo tem malas de câmera, lentes, maletas e até cabideiro que ainda não foi pra parede e você nem diz, né! Além disso, tinha que ser um sofá grande o bastante pra se esparramar e compacto o bastante pra não sobrar por aqui.

Mudanças à vista aqui na casinha… que se reflete não só no sofá, como nas paredes, nos objetos e no sorriso de orelha a orelha da pessoa que vos fala. 🙂