Já tem um tempinho que, a pedido de um leitor, dividi por aqui algumas ideias para utilizar discos de vinil velhos na decoração (reveja, aqui, ó). Lembro ainda que fiz questão de ressaltar que tais ideias eram para serem usadas somente em discos velhos, arranhados, sem serventia. Porque, hoje em dia, disco de vinil é relíquia, é obra prima, é filho de mãe solteira e merece ser tratado com respeito e dignidade, nem que seja encaixotado lá em cima do armário, no caso de falta de espaço para deixá-los à mão. 
Mas agora, meses depois, volto a falar sobre o assunto para dar uma solução para aqueles que têm muito apego aos seus discos e que adorariam uma ideia para integrá-los a decoração da casa, sem destruí-los, claro!
Que tal, meu caro e minha cara, transformá-los em quadros?

Imagina só pendurar os seus discos favoritos na parede e tê-los sempre à mão pra ouvir quando bem entender e ainda deixar a decoração da sua casa bem com a sua cara. Pois é, a Carla Andraus, criadora da Disquadro, não só ouviu as nossas preces como também nos atendeu! Ela teve a ideia de produzir essas moldurinhas feitas especialmente para comportar um disco de vinil na parede. Assim que conheci seu trabalho, tratei de colocar a minha simpática cara de pau pra jogo e pedi não só 1, como três moldurinhas brancas para sortear por aqui (dancinha da comemoração).

Quer ganhar as 3 molduras? Então fica combinado assim: para consolidar as respostas em um só lugar, vamos fazer o sorteio lá na nossa página no Facebook. Respostas enviadas por aqui, via comentários do blog, não serão consideradas, belê? 

>> O sorteio acontecerá ao vivo, no dia 19/11, às 17h. 
>> Serão consideradas as respostas enviadas até 18/11, 23:59
>> Envie somente 1 resposta, fazfavô.
>> No caso de não haver comentário na exata data/hora sorteada, será considerado o comentário imediatamente anterior.

Continue por aqui