Sem categoria

Fechada para balanço

Notou o sumiço? Pois é. Normalmente, eu voltaria, dias depois, culpando o excesso de trabalho, ou dando uma novidade, contando sobre uma viagem ou projeto muito legal do qual participei. Mas não, não é o caso. Ou não foi o caso. Esse blog é feito com o coração. E, ultimamente, esse aqui, o autor do blog, tem estado quietinho… e cuidadoso. Bastante cuidadoso.
Tem gente – e eu sou era uma delas – que não acredita em inferno astral. Mas – veja só a ironia – o universo e as circunstâncias vieram com força para me provar o contrário. Daqui a exatos nove dias, completo 30 anos. E, como se não bastassem todas as coisas normais que vêm à tona com essa marcante virada, esse meu momento vem acompanhado de muitas outras mudanças. Num intervalo de poucos meses, tive que aprender a conviver com a perda de duas das pessoas “TOP 5” da minha lista. Não, elas não saíram dessa vida. Somente da MINHA vida. A cabeça? Um turbilhão. O coração? Pequenininho.
Chegou o momento de recalcular a rota. Querendo ou não. É preciso. E farei isso com maestria, com força e com fé. Só não consigo fingir que está tudo bem, que por aqui as coisas estão ensolaradas, sorridentes e coloridas. Estão voltando a ficar, já enxergo essa possibilidade. Mas ainda não.
Desculpe a sinceridade. Eu sou assim. E num momento como esses, não seria diferente. Desculpe o sumiço, o marasmo, a falta de inspiração.
Mente e coração estão fechados para balanço. Consequentemente, o blog também. Recalcular rota é preciso. E faremos. Não se preocupe. 🙂
Desculpe o transtorno. Estamos em obras para melhor atendê-lo. ♥

Fechada para balanço 

***