Gente, uma pergunta: a tradição de caça aos
ovinhos de Páscoa anda meio esquecida ou eu que não fui chamada pra nenhuma
ultimamente?
Se não estou sendo chamada, podem me
chamar, e se está sendo esquecida, vamos tratar de lembrar! Brincar é tão bom…!
Essa tradição é uma das mais divertidas,
cheia de mistérios, prêmios, correria e aquela euforia toda ao achar um mísero ovinho. Por quê e quando paramos de fazer isso mesmo? E para quem acha que é brincadeira de
criança, que pena! Seguir as pistas e conquistar recompensas não é o que fazemos
diariamente nessa vida?
Se o público alvo são os pequenuxos, espalhar
pequenas gostosuras é sempre um sucesso, apesar de prêmios que não sejam
guloseimas também serem bem-vindos. De qualquer forma, é importante ir aumentando
o prêmio de acordo com a dificuldade para encontrá-lo. Não esqueça também de
sinalizar bem o caminho. É legal colocar pegadas de coelhinhos, avisos, setas
e, é claro, espalhar dicas e pistas. Se tiver um mapa então, aí é demais! Se é pra jogar, quanto mais elaborado melhor. Sou dessas . 🙂

Caso o público seja mais adulto, ou melhor, mais crescido e não menos criança rs, os tesouros podem ser outros. Tem uns ovinhos de plástico que abrem no meio – como aqueles que guardam a surpresa do Kinder Ovo – que podem ser usados para esconder os presentinhos. Dá tempo de encontrá-los em lojas de artigos de festas ou em lojas de R$1,99 hein… E olha que os presentinhos nem precisam ser doces! Pode ser pequenos momentinhos como “vale 1 ida ao cinema com direito a pipoca grande”, “vale fim de semana na serra com lareira e tudo” (tô fechando nesse), “vale 2 jantares feitos por mim no decorrer do mês” ou até mesmo “vale um jogo de futebol sem interferências”. O que for melhor para as partes envolvidas! Aliás, se você colocar um pisca dentro de cada ovinho, dá para apagar as luzes e promover uma baita de uma caça noturna iluminada. A molecada pira!

De qualquer forma, aqui não faltam inspirações para quem quer trazer pra essa data um pouco da infância que deve ser cultivada. A criança lá de dentro agradece!

Caça nível master de dificuldade: para saber onde o grande prêmio está escondido, é preciso encontrar peça a peça e montar um quebra cabeça que vai revelar a dica final. Só não vale dar prêmio jururu depois de tanto trabalho, né? Ovo trufado é o mínimo rs.

E essa lindeza de ovinho Pantone? De amolecer o coração de qualquer hipster descrente da data. 

Ah, perdoe a americanização das fotos… O que posso dizer? Eles brincam mais disso que a gente, né… Se você fizer a brincadeira na sua casa, me mostra? Vou adorar ver um charminho desses tupiniquim. 🙂
Imagens: Cul de Sac Cool
  • Kina

    Oi Thalita!!! Olha eu adorei o post! Ano passado eu fiz esta brincadeira pra minha sobrinha, na época com dois aninhos. Passei a madrugada colando patinhas…rsrs…e bem de manhãzinha escondi os ovinhos em ninhos no quintal e dentro de casa. Também fiz uma bolsinha pra ela guardar os ovinhos. Comprei uns bem pra poder comprar vários!!! Ela amou!! Te mando as fotos por e-mail, ok? Este ano vai ter novamente. Já imprimi as patinhas (posso disponibilizar o arquivo) e já comecei a cortar…rsrs..Beijos!!

  • nanafatec

    Tá aí uma tradição que eu não conhecia…muito legal!
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br/

  • Géssica Chiarello

    Poxa Thalita!
    Voce vai postar uma vez por mês? desde de o ano passado o blog ta fraquinho hem?
    Voce falou que ia aparecer mais aqui!
    A gente gosta taaaaanto de voce, estamos sentindo sua falta.
    Eu sei que a sua vida é muito corrida, mas voce vai deixar de ser blogueira?
    Eu nem to visitando mais o seu blog com freqüência, pq eu sei que não vai ter nada de novo
    Desculpa se eu to dando bronca, mas voce precisa saber.
    To com saudade.

Continue por aqui